Preaload Image

Juliana Abreu Pancotto – HipHop. Mais que dança, luta!

“Neste desenho, me inspirei no que mais chamou a minha atenção para o novo daquilo que eu não conhecia: o Hip Hop. Durante o curso “Culturas Periféricas e Urbanas”, aprendi muita coisa que não sabia e, dentre elas, um pouco sobre o que está por trás da dança do Hip Hop. Um rapaz dançando representa toda a luta dos meninos e homens que moram na periferia e através de resistência, luta e arte segue sobrevivendo, inventando e criando CULTURA. Vemos diariamente em jornais massacre e a criminalização do povo periféricos, sobretudo dos jovens homens e negros. O corpo não pode mais ser visto como um pedaço de carne a ser morta, mas sim como um MANIFESTO CULTURAL. Desta forma, deixo aqui a minha admiração e apoio a todes que seguem sobrevivendo e fazendo a cultura existir.”

Sou capixaba da gema, tenho 21 anos e sou artesão bordadeiro. Estudo Artes Visuais na UFES e sempre me conectei com o movimento estudantil e o movimento LGBT+. Me liguei muito ao teatro, à dança e performance nos últimos 5 anos e agora venho me aproximando das práticas de meditação e yoga e desejo que tudo que eu me proponha a aprender sirva para que eu ensine melhor dentro de “salas de aula” já que além das artes, me interesso principalmente por Educação e desejo muito ser um bom professor. Acredito realmente que um bom professor salva vidas e tenho muita clareza de que só sobrevivi até aqui devido aos bons professores que encontrei dentro de escolas.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.